Núcleo de Línguas - UNILAB
Site destinado ao Núcleo de Línguas - UNILAB.

Curso Básico de Esperanto – Baznivela Kurso de Esperanto, Internacia Lingvo – A1

Data de publicação  13/12/2021, 11:49
Postagem Atualizada há 7 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

O Núcleo de Línguas (NucLi), o Instituto de Linguagem e Literaturas (ILL), torna pública a chamada para o Curso Básico de Esperanto – Baznivela Kurso de Esperanto, Internacia Lingvo (QECR – Quadro Europeu comum de referência – A1 – iniciantes).

As inscrições são gratuitas e serão realizadas exclusivamente pela Internet, por meio do preenchimento e do envio do formulário disponível neste LINK, que estará disponível de 14 de dezembro de 2021  a 06 de janeiro de 2022, até 23h59min.

O curso básico de esperanto ocorrerá ao sábados, das 9h às 11h da manhã, serão 15 encontros, de 08 de janeiro a 16 de abril de 2022.

A oferta remota do Curso Básico de Esperanto impõe-se em decorrência do contexto de pandemia de Covid-19, diante o que as atividades de ensino e aprendizagem da língua internacional dar-se-ão exclusivamente via plataformas Google Meet e Google Classroom. O Grupo de Língua e Cultura Esperantista da Unilab/GLICEU, por meio desta nova oferta junto ao Núcleo de Línguas da Unilab/NUCLI, busca a retomada de suas atividades, mais uma vez fomentando e divulgando a Língua Neutra Internacional no seio da integração da lusofonia afro-brasileira e da comunidade local. O curso vem no atendimento da apresentação do Esperanto, do seu projeto de língua neutra voltada para a comunicação internacional, de fácil aprendizagem, bem como no propósito de difusão da cultura esperantista de paz e entrelaçamento dos povos, em nível básico-introdutório, correspondente ao Quadro Europeu comum de referência – A1 – iniciantes, no qual deverão ser desenvolvidas as habilidades básicas da língua (aŭskulti, paroli, legi kaj skribi bazajn strukturojn).

Serão disponibilizadas 20 vagas. Das quais 10 (dez) serão prioritariamente destinadas a estudantes, técnicas/os e docentes oriundas/os dos países parceiros do projeto da UNILAB (Palops e Timor-Leste). 01 (uma) será prioritariamente destinada a pessoa trans ou travesti. 02 (duas) prioritariamente a pessoas com deficiência. 02 (duas) prioritariamente a pessoas de comunidades indígenas e remanescentes de quilombolas. 05 (cinco) serão amplamente ofertadas às comunidades externa e acadêmica da UNILAB. O preenchimento das vagas dar-se-á por ordem de inscrição. Em caso de não preenchimento das vagas preferenciais, as mesmas serão reofertadas às pessoas interessadas em lista de espera. 

Categorias